Um filme ‘Extraordinário’ chamado Wonder!

 
Atualmente, a gente percebe, que o bullying é uma coisa muito real. Se antes esse assunto era deixado de lado e não era levado com tanta seriedade, hoje ele é motivo suficiente para ser abordado em livros e em filmes; como foi o caso do best-seller Extraordinário (Wonder).
 
Lembro muito bem, quando li esse livro pela primeira vez, ele te prende e te cativa nas primeiras páginas e quando você termina, quer mais. Bom, o livro foi lançado em 2012, e agora ele ganhou uma adaptação nos cinemas. E olha, que filmão!
 
Auggie (quem faz esse papel é o Jacob TremblayO Quarto de Jack’) é um garotinho com deformidades faciais, ele recebe todo um apoio da sua família, seus pais Isabel e Nate Pullman (Julia Roberts e Owen Wilson), e sua irmã mais velha, a Via (Izabela Vidoc). Auggie, recebia aulas em casa, mas sua mãe decide que é hora dele finalmente começar o fundamental. Todos sabemos que o que ele vai enfrentar na escola, sabemos como as crianças podem ser más umas com as outras, e a partir disso o enredo começa a se desenrolar. Com a narração, a gente vai percebendo o que Auggie passou, as várias cirurgias que ele enfrentou e etc. É tudo bem contado gente.
 
O filme é praticamente narrado pelo Auggie, deixando a história mais delicada e infantil. O filme mostra as decepções que Auggie enfrenta para ser aceito e ter amigos, contando lados opostos de histórias diferentes, não deixa tudo tão monótono, e a delicadeza e a leveza que vai mostrando, te prende cada vez mais.
Jacob Trambley, não leva o filme inteiro nas costas com o Auggie, quando a Julia Roberts Aparece, sendo a mãe apegada e amável, a gente percebe que o enredo está indo no rumo certo, e vai atingir o objetivo de emocionar. O pai, que descontrai toda vez que aparece, deixando a trama balanceada entre o bom e velho drama com uma piada leve, pra cortar a melancolia que já estava a vista.
 
O elenco é sensacional, e eu me encantei com os personagens que foram aparecendo, como a melhor amiga da Via, a Miranda, que enfrenta problemas familiares e afeta seu emocional, ou até mesmo a Summer, a mais nova amiga do Auggie que mostra o quão gentil uma criança pode ser também. 
 
 
AAH! E uma coisa interessantíssima sobre o filme, é que ele teve participações brasileiras. Pois é gente, a avó da Via, Sônia Braga, que apareceu por pouquíssimo tempo, mas quando apareceu, emocionou muito também. E a trilha sonora, quem produziu foi o Marcelo Zavos, brasileiro radicado nos Estados Unidos. Talentos nacionais.

 

 
Extraordinário, é um filme incrível, foi uma boa adaptação. Ele vai falar sobre o poder que união familiar tem, sobre amizade de uma forma verdadeira e pura e sobre a evolução emocional das pessoas ao redor do personagem. Ele passa a mensagem, de que toda história tem lados opostos, e faz questão de contar, quando reparte o roteiro em quatro. Wonder fala também, sobre o cuidado emocional que a gente tem que ter uns com os outros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s