O disco ‘Flicker’ do Niall Horan é Meigo e Modesto

Esse ano, a gente, presenciou a volta de muitos artistas, e estamos vivenciando estréias de discos fantásticos, que só mostram o quanto o futuro da música está segura. Bom, e um desses lançamentos, é Flicker, do nosso queridinho Niall Horan. Mas acreditem, é um álbum meigo e modesto.
 
Ex-integrante da boy band mais adorada do planeta, o One Direction, Niall soltou um trabalho, onde ele consegue mostrar o seu talento, a sua sonoridade e promete se encontrar na indústria. Ano passado, quando ele resolveu soltar This Town, eu fiquei “ok, já sabemos que você existe, e está disposto a fazer carreira solo, e agora?”. Foi o primeiro da banda a lançar seu primeiro projeto solo (Depois que Zayn saiu rs) Agora ele lançou seu primeiro álbum de estúdio. Ouvindo esse trabalho, confesso que parece estar faltando algo.  
Flicker, não é de longe o melhor álbum do ano, mas também não chega a ser tão ruim. O disco inteiro é bom, têm ótimas faixas, e o bom desse trabalho todo, é que Niall não pode ser comparado aos outros ex-integrantes do One Direction. Harry Styles, fez um disco todo trabalhado, com influências do rock anos 70 e Zayn um pop/R&B diferenciado. A sonoridade do disco do Niall chega perto do Ed Sheeran ou James Arthur. Com baladinhas românticas e uns arranjos bem desencantadores, ele quer agradar seus ouvidos. E consegue!
 
São 13 faixas. Uma com participação com a cantora Maren Morris, que consegue deixar a faixa Seeing Blind, mais interessante. This Town e Slow Hands, são singles do disco, e já deixavam claro, que caminho Niall trilharia pra fazer o seu primeiro álbum. A canção Flicker, que dá nome ao disco, é a mais fofa, mesmo sem fazer com que o álbum não saia do comodismo, tem mais acordes e o vocal é o melhor. On The Loose é a primeira faixa, e trás uma pitada mais eletrônica (não se anima, é só uma pitada mesmo). Poderia ter arriscado mais nas composições. Quero tocar esse disco no meu casamento 💚
 
É claro, ouvindo esse disco de estreia, a gente vê que ele tem muito que percorrer. Niall Horan tem 24 anos, saiu de uma das boy bands pop mais famosas da década, e mostrou pra todo mundo que é capaz de trilhar seu caminho solo. A prova disso é esse trabalho bem feito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s