59th Grammy Awards – Believe In Music | Performances, Vencedores e Homenagens


O 59ª Grammy’s Awards aconteceu em Los Angeles (12) e a gente não tem palavras pra descrever em como essa premiação foi boa. A noite foi embalada com muitas surpresas, performances e homenagens que vão ficar na história. Foi um Grammy onde teve muitos retornos na indústria, Katy Perry, Lady GaGa, Ed Sheeran e Beyonce foram uma das apresentações mais aguardadas da noite. O anfitrião desse ano foi o magnífico James Corden, ele deixou a noite super descontraída e seu papel foi um arraso diante de tantas celebridades. Ele fez até cosplay do Carpool Karaoke com JLo.
Quem abriu a premiação foi a nossa Adele, só com um vozeirão ela cantou Helloe provou ser uma artista completa e emotiva, ela ainda fez uma homenagem LINDA para o cantor que faleceu ano passado George Michael. Ela errou a performance e teve que começar duas vezes, pelo respeito que ela tem ao cantor. RAINHAA. Adele venceu as categorias mais importantes incluindo Álbum Do Ano, ambos, eram concorridos com Beyoncé. Adele fez um discurso emocionante ainda falava o quão Bey era talentosa e poderosa, a maior Beyhive que a gente respeita.


A segunda performance da noite foi The Weeknd junto com Daft Punk, performaram I Feel It Coming, achei que seria Starboy já ia chorar. Como sempre foi uma apresentação bem futurística e robótica. Não foi nenhuma surpresa mas também não foi uma decepção.

A terceira performance foi de Carrie Underwood com Leith Urban.

Depois veio Ed Sheeran cantando o seu single Shape Of You, ele mostrou que não precisa de muito pra fazer uma performance cheia de vocais incríveis e não decepcionou nem um pouco nas batidas. Ele colocou umas luzes no palco e cantou APENAS.

Lukas Graham e Kelsea Bailarine perfomaram juntos 7 Years, eu fiquei muito chateado pois Lukas Graham tem um álbum tão bom e só sabe cantar esse single, as pessoas cansam more. Bola pra frente. A performance ficou mediana comparada com outras.

E claro, Beyoncé com todo o seu poder vocal e visual fez uma linda apresentação de Love Drought e Sandcastles, uma apresentação ousada cheia de personalidade e totalmente diferente de qualquer uma que já vi. Com muita luz, cor e representações simbólicas. Além disso, Bey levou o premio da categoria Video Musiccom Formation e Melhor Álbum Contemporâneo com Lemonade. Desbancando Rihanna.
Teve Bruno Mars fazendo um show e animando todo mundo com a dançante Thats What I Like, cheio de energia e um vocal impecável Mars se mostrou presente e vivo. Ainda fez uma homenagem junto com The Time a Prince EU NÃO TENHO PALAVRAS PRA DESCREVER O QUANTO FICOU INCRIVEL a apresentação, até se vestiu a caráter gente, cheia de energia e muita personalidade Prince.

Para anunciar que a próxima performance era da Katy Perry, Little Big Town cantou um trechinho de Teenage Dream da nossa doceira haha. Katy performou seu single recente Chained To The Rhithm, toda polêmica ela foi pra falar sobre vivermos em bolhas e que nos esquecemos do mundo e dos problemas lá fora. Além disso Katy Perry fez uma critica a Donald Trump, falando no final da performance ‘’we the people’’nós somos o povo. A muralha. As três palavras fazem parte do começo do texto da constituição.
Alicia Keys junto com Maren Morris cantaram MARAVILHOSAMENTE Once, para mim foi uma das melhores performances da premiação, os vocais perfeitos de Alicia foram tão equilibrados e foi uma combinação justa com Morris.
Lady Gagase mostrou VIVÍSSIMA com Metallica, imagina gente, Gaga mostrou para o mundo o quão versátil ela é no mundo da música, e pode andar pelos gêneros sem causar má impressão. Cantando Moth into Flame. Mesmo que o microfone do vocalista do Metallica tenha falhado a apresentação foi super divertida e barulhenta. Gaga não parava e ainda se jogou no povo, tudo isso cantando.

Teve ainda uma homenagem a Bee Gees. Demi Lovato, Tori Kelly, Little Big Town e Andra Day fizeram uma energética apresentação cheia de vocais equilibrados e ainda teve Demi soltando a voz e mostrando o por que de vir ao mundo.

O Grammy 2017 foi cheio de surpresas ainda, teve Chance The Rapper o artista revelação que foi premiado pela academia, vencendo categorias grandes e desbancando artistas fortíssimos, como Drake, Kanye West, The Chainsmokers. Sentimos falta de alguns artistas como Drake, Ariana Grande, Justin Bieber, Kanye West. Mas tudo bem, a gente supera.
No final da noite teve ainda John Legend cantando God Only Knows do The Beach Boys antes de um discurso lindo sobre o poder que a música tem de unir pessoas e transformar vidas.

Olha só os vencedores em suas categorias:

Disco do Ano
Adele – “25”
Música do Ano
Adele – “Hello”
    Gravação do Ano
Adele – “Hello”
Revelação
Chance the Rapper
Categorias Pop
Performance Solo de Pop
Adele – “Hello”
Performance de dupla ou grupo pop
Twenty One Pilots – “Stressed Out”
Álbum pop vocal
Adele – 25
Álbum Pop Tradicional
Willie Nelson – Summertime: Willie Nelson Sings Gershwin
Categorias rock
Performance Rock
“Blackstar” – David Bowie
Performance Metal
“Dystopia” – Megadeth
Canção de Rock
“Blackstar” – David Bowie
Álbum Rock
Tell Me I’m Pretty – Cage The Elephant
Categoria alternativa:
Álbum de música alternativa
David Bowie – Blackstar
Categorias R&B
Performance R&B
Solange – “Cranes in the Sky”
Performance de R&B Tradicional
Lalah Hathaway – “Angel”
Música R&B
Maxwell – “Lake By the Ocean”
Álbum ‘urbano’ cotemporâneo
Beyoncé – Lemonade
Álbum de R&B
Lalah Hathaway – Lalah Hathaway Live
Categorias rap
Performance Rap
Chance the Rapper – “No Problem” [ft. 2 Chainz and Lil Wayne]
Performance vocal rap
Drake – “Hotline Bling”
Música Rap
Drake – “Hotline Bling”
Álbum de Rap
Chance the Rapper – Coloring Book
Categorias country
Performance solo country
“My Church” – Maren Morris
Performance country de duo ou grupo
“Jolene” – Pentatonix featuring Dolly Parton
Canção country
“Humble and Kind” – Tim McGraw
Álbum country
A Sailor’s Guide to Earth – Sturgill Simpson
Categorias dance/eletrônica:
Gravação de Dance Music
“Don’t Let Me Down” – The Chainsmokers Featuring Daya
Disco de Dance Music/Música Eletrônica
Skin – Flume
Outras categorias
Disco de world music
Sing Me Home — Yo-Yo Ma & The Silk Road Ensemble
Disco de jazz latino
Tribute to Irakere: Live in Marciac — Chucho Valdés
Videoclipe
Beyoncé – “Formation”
Filme sobre música
The Beatles – The Beatles: Eight Days a Week The Touring Years
Produtor do ano – não clássico
Greg Kurstin

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s