AS DIVAS DO SERTANEJO UNVERSITÁRIO

Marília Mendonça


Meu gosto musical sempre foi o pop, MPB e ás vezes R&B, sempre o mais internacional possível. O sertanejo nunca entrou para a minha lista de estilos preferidos, pelo contrario, sempre evitava ouvir e o motivo era sempre pelas letras cabulosas e sem noção que a grande massa ouvia e adorava. Estou falando do sertanejo ao todo mesmo. Tanto a sertanejo raiz quanto o sertanejo universitário, estavam bem longe dos meus tímpanos. 

As músicas sempre tinham o mesmo tema. Pegar mulher(?). Trair(?). Pelo menos as que faziam um estrondoso sucesso no Brasil. Algumas vezes tinham letras que eu realmente me perguntava o por que de estar estourando nas rádios nacionais. E nesse nicho gigantesco do sertanejo, as mulheres não tinham muito do que cantar, na verdade tinham, só que sem muito espaço e quando tinham, não estouravam como os outros. Com exceção da Paula Fernandes que na verdade sempre teve um estilo chegado para o country (fez até feat. Com Taylor Swift, sem mais), e Thaeme da dupla Thaeme & Thiago e Cecilia da dupla Maria Cecília & Rodolfo, faziam parte desse meio, mas não eram tão grandes como Gustavo Lima, Michel Telo e outros grandes cantores. Em uma entrevista, Thaeme disse que só alavancou sua carreira no momento que fez dupla. 

Mas eu estou tão satisfeito com a mudança que o sertanejo está seguindo. Pelo fato das mulheres estarem assumindo sua posição no mercado sertanejo e mostrarem que tanto mulheres quanto homens conseguem fazer um trabalho para a massa e fazer acontecer. Marília Mendonça, Naiara Azevedo, Simone & Simaria, Maiara & Maraisa, Paula Mattos e Bruna Viola são as grandes sensações do mundo sertanejo no momento, lindas e empoderadas elas estão fazendo show com suas músicas que falam sobre amor, vingança e traição. O mais fantástico é que isso não vai retroceder.



A rainha do sertanejo Roberta Miranda, que estourou entre as décadas de 80 e 90 disse que esta satisfeita com o que esta acontecendo até agora.
Sem desvalorizar os homens do sertanejo, eles cantam muito, mas as mulheres têm um espaço de direito nesse estilo.

Um comentário sobre “AS DIVAS DO SERTANEJO UNVERSITÁRIO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s