#PROSAEVERSO – O LIVRO DO AMANHÃ – RESENHA

CAPA DO LIVRO ”O LIVRO DO AMANHÃ

Cecelia Ahern e uma autora maravilhosa, dona de vários best-sellers em todo o mundo, e com obras bem criticadas. Recentemente terminei de ler mais uma de suas obras: O LIVRO DO AMANHÃ. Cheio de drama e mistério, o livro me encantou no primeiro capitulo, pegando todo meu interesse e atenção só pra ele durante uma semana.

”Dizem que uma história perde algo cada vez que é contada. Se for assim, esta nada perdeu, pois a contarei pela primeira vez.”
O Livro do Amanhã, diferente de um dos mandamentos livros dela que li, PS: Eu Te Amo, que foi um tapa no meu psicológico, é uma obra que fala sobre confiança, amadurecimento, e responsabilidades e amor familiar, e também, como temos que nos aceitar pra ser uma pessoa melhor, não só para as pessoas ao nosso redor, mas para nós mesmos. O livro conta a história de Thamara Goodwin, que sempre teve de tudo. Sabe aquela amiga, irritante, que tem de tudo, que zoa todo mundo, e não dá valor ao que tem? que pega o namorado da amiga, e fala mal dela depois para os outros colega?  Pois bem, essa era Thamara. Mas tudo muda quando seu pai morre abruptamente, deixando para sua esposa e sua filha, contas, e mais contas, tendo que vender sua mansão e muitos outros pertences. Então muitas mudanças ocorrem pra ela e para sua mãe, que nem eram tão unidas assim, mas morar num fim do mundo vilarejo, distante de tudo e de todos, faz com que se tornem um pouco mais próximas. Mas onde entra o livro do amanha? Num belo dia, Thamara encontra um livro que revela hoje o amanhã, como se ela mesmo estivesse escrito com sua própria letras nas páginas em branco. Com muitos mistérios em volta da casa do seus tios, o livro ajuda Thamara a descobrir muitas coisas, a ter coragem e ser mais confiante. O livro é um mistério total, e me fez viajar real, imaginava cada detalhe das cenas, e nesse rolo cheio de mistérios, as coisas vão se desenrolando num jeito gostoso, viciante. 

”Tenho de tirá-lo de lá. Não vou perdê-lo de novo.”

Thamara descobre que seu pai, não é seu pai, que sua tia e uma louca apaixonada e que Thamara foi na verdade fruto de um amor verdadeiro, mas por um descaso total do destino seus pais acabaram tendo rumo diferentes.
Eu achava a personagem Thamara irritante, descontrolado, mimada e mal educada, diferente de todos os outros personagens adolescentes que já li, mas no decorrer do livro ela mostrou seu lado sensível e doce, a saudade que ela sentia do seu pai que havia se matado e da sua mãe que estava entrando em depressão, e ela ia se alto-avaliando, desde o modo de pensar ao agir, isso tudo só mostrou o quão errado e egoísta ela era com todos. foi um aprendizado para ela. E a cada dia, era um mistério para ela. As coisas acontecem com algum propósito em nossas vidas, para o bem ou para o mal, nos da experiências e nos muda de certa forma.
Nota do Backstage: ✮✮✮

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s