#VINIL – Clarice Falcão: BELA, RECATADA E PROBLEMA DELA



Saindo do ”Porta dos fundos” para a música, Clarice Falcão, lançou dia 19 de fevereiro um álbum genial e feminista que e um tapa na cara da sociedade machista. Falcão decidiu lançar o sucessor do Monomania graças a deus  intitulado como ”Problema Meu”, com uma mistura de rock, brega, POP, MPB e bolsa nova. Lançando um clipe para ”Irônico”, a primeira faixa do álbum. Clarice se mostra dessa vez, com uma personalidade forte e autentica nesse seu novo trabalho, diferente do Monomania, que tinha letras melancólicas. Eu mesmo, esperava mais um álbum super bad feat. sofrimento com letras que me deixassem com dor na alma, mas Clarice me surpreendeu e superou minhas expectativas sobre ela e o seu trabalho.





Clarice veio pra mostrar a ”Bela, recatada e do lar” que mora dentro dela. Procede colocar o álbum bomba dela na sala de redação da revista Veja pessoal?


Mas como no Brasil o povo adora falar e espalhar rumores e boatos, saíram burburinhos de que seu trabalho foi uma indireta para seu ex marido, Gregório Duvivier, mas gente, o trabalho de Clarice esta muito maravilho pra ser uma indireta pra um relacionamento estão achando que ela e a Taylor Swift?. A única mensagem e indireta que Clarice quis transmitir foi para o público machista que acha que mulher é uma propriedade exclusiva deles, mas pra ela, não funciona bem assim.  As faixas ”Vagabunda” e ”Eu Sou Problema Meu” são as faixas que mais se destacam, com letras fortes e mostra de cara que ela veio pra falar sobre feminismo e que mulher não e mais um sexo frágil. 

Do álbum todo, “Se Esse Bar Fechar” foi a faixa que mais gostei, essa musica só mostra a nossa capacidade de ser trouxa e mostra o quão iludidos nós somos quando estamos apaixonados (risos). Outra faixa que eu amei com toda a minha alma foi ”Problema Meu”, o carro chefe do álbum, é a faixa que mostra o quanto seu álbum ta diferente. Quando eu ouvi pela primeira vez, decidi que seria a resposta para toda ação machista que eu vesse ou ouvisse.




Falcão ainda antes de lançar o álbum, soltou um tiro cover da girlband Destiny’s Child. A faixa  ”Survivor” foi a escolhida.. O clipe reúne mulheres negras, brancas, ruivas, morenas,  de idades diferentes, que ao longo da música se rabiscam de batom vermelho e no final do clipe aparece uma mensagem “É preciso ter coragem para ser mulher nesse mundo. Para viver como uma. Para escrever sobre elas” . Achei genial e foi muito bem aceito pelo púlblico. O modo que ela transmite a mensagem ao longo do clipe que é maravilhoso, ela praticamente clama respeito pelas mulheres.

Lançada em 2001, “Survivor” é uma faixa do terceiro álbum do Destiny’s Child, que era formado por Beyoncé Knowles, Kelly Rowland e Michelle Williams.
Foto do clipe ”SURVIVOR”




O feminismo esta ganhando muita força atualmente no Brasil, com mulheres que querem ter direitos igualitários e não querem mais ser dependentes de ninguém. Ouvindo o trabalho de Clarice Falcão, noto que hoje  através da música, redes sociais, cinema e teatro as mulheres estão ganhando espaço para transmitir o que realmente querem; igualdade entre homens e mulheres.



 

A cada ano que passa esse movimento vem ganhando mais força, tanto nacional como internacional, artistas como Ariana Grande, Adele, Taylor Swift, Nick Minaj, Katy Parry, Demi Lovato são umas das figuras feministas internacionais, que defendem com todo o poder que tem para transmitirs sua ideias.



4 comentários sobre “#VINIL – Clarice Falcão: BELA, RECATADA E PROBLEMA DELA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s